Empreendedores criam hub de gim que fatura R$ 5 milhões – Pequenas Empresas Grandes Negócios





Destilado de cereais com infusão de extratos botânicos, geralmente consumido na forma de drinque, o gim é uma das bebidas queridinhas do momento. Mas nem sempre foi assim no Brasil. Há quatro anos, quando o publicitário Érico Angelis decidiu empreender, o gim ainda não não era tão conhecido. “Foi em uma viagem à Espanha em 2016 que me deparei com a moda do gim. Trouxe na bagagem garrafas, especiarias e comecei a fazer para amigos por aqui. Fez muito sucesso”, diz o cofundador da The Gin Flavors, plataforma que hoje envolve loja online, blog, eventos e um clube de assinatura.

Empresa aposta no gin e fecha 2021 com faturamento de R$ 5 milhões (Foto: divulgação)

Gin se tornou bebida queridinha entre os brasileiros nos últimos anos (Foto: divulgação/The Gin Flavors)

A empresa foi fundada em dezembro de 2017 por Angelis, ao lado do amigo e sócio Fernando Aviles Gouveia, com investimento inicial de apenas R$ 1,5 mil. Tudo começou com a participação em um evento em Araxá, Minas Gerais, onde eles vislumbraram a oportunidade de tornar a bebida mais conhecida. “Na época, para este evento, tivemos apoio da Bacardi, que acreditou em nós e, em troca de visibilidade para a marca deles, nos deu 36 garrafas de gim. Em dois dias de evento, vendemos 580 gim tônicas e faturamos mais de R$ 20 mil”, lembra Angelis. “As pessoas adoraram gim tônica e começaram a perguntar ‘onde compro?’ e ‘como faço?’ Então resolvemos montar o e-commerce.”

Dali em diante, a empresa não parou mais de crescer. O dinheiro para a expansão veio do próprio faturamento. “A empresa foi um caso de empreendedorismo de oportunidade. Peguei a experiência em marketing que eu tinha e coloquei à prova no negócio. O meu sócio, Fernando, trouxe o know-how dele em organização e logística”, diz Angelis. Em 2018, a The Gin Flavors tinha um portfólio com 89 produtos diferentes e fechou o ano com faturamento de pouco mais de R$ 1 milhão. Conforme a gama de itens disponíveis crescia, as vendas também aumentavam: em 2019, R$ 1,8 milhão; em 2020, R$ 3,8 milhões. Em 2021, com mais de 400 produtos no portfólio, a empresa faturou R$ 5,1 milhões. Em 2022, a expectativa é chegar aos R$ 7,2 milhões.

Empresa aposta no gin e fecha 2021 com faturamento de R$ 5 milhões (Foto: divulgação)

Os sócios fundadores, Fernando Gouveia e Érico Angelis (Foto: divulgação)





“O público é 62% feminino, especialmente entre 25 e 45 anos. No geral, são pessoas que gostam de receber amigos, cozinhar e fazer uma boa apresentação de drinques”, diz Angelis. Além da venda online de gim, especiarias e kits para datas comemorativas, a empresa criou em 2019 um clube de assinatura, com planos a partir de R$ 169,90 ao mês. No último mês, foi lançado um pacote específico de assinatura em parceria com o Clube Atlético Mineiro, com a aposta de atingir os fãs do time de futebol.

Paralelamente ao comércio, a The Gin Flavors nunca parou de trabalhar os eventos como uma das frentes de negócio. Eles representam 18% do faturamento atual da empresa. “Os eventos estão começando a voltar com força total. Atendemos todo o Brasil e estamos criando uma diretoria dentro da empresa para cuidar apenas desta área”, diz o sócio. São eventos sociais e corporativos onde a The Gin Flavors fornece mão de obra e matéria prima para os drinques à base de gim. “Recentemente fomos convidados pelo governo britânico para fazer os eventos do jubileu de platina da rainha Elizabeth, em consulados de cinco estados Brasileiros”, revela.

Atualmente com 20 funcionários diretos, a empresa hoje tem quatro sócios: Angelis e Gouveia na operação e mais dois investidores que aportaram R$ 600 mil e atualmente fazem parte do conselho. Para o longo prazo, os planos são grandiosos. “Pretendemos chegar em 2027 com R$ 80 milhões de faturamento. Essa é a nossa projeção com a potencialização do clube de assinatura e o crescimento do mercado B2B, que pretendemos explorar. Queremos atender lojas de conveniência, empórios, mercados e pequenos negócios que ainda não conseguem comprar gim diretamente das fabricantes”, finaliza.