Tecnologia: projeto de interação virtual reduz distâncias e ajuda na saúde mental e social de idosos

Uma das primeiras medidas de biossegurança adotadas diante do cenário pandêmico foi o distanciamento social. Com isso, as atividades presenciais foram suspensas em diversos setores.  E não foi diferente para os idoso atendidos pela Clínica de Psicologia e pelo  Programa de Assistência Integral à Melhor Idade – PAIMI, da Universidade Tiradentes.

“A temporada do “fique em casa” acabou por isolar as pessoas das suas atividades sociais, como o encontro com os grupos e com isso a comunicação, o espaço de descontração e interação entre as pessoas foi ficando cada vez mais restrito”, diz a professora Zulnara Mendonça Mota – Coordenadora do Paimi/Unit.

Com o isolamento algumas pessoas idosas passaram a desenvolver quadros de depressão, ansiedade e angústia. Depois de um ano sem atividades e os encontros semanais, foi implementado o projeto de extensão da Clínica de Psicologia da Unit, ‘Conectados: Um bem para a Saúde Mental e Social’. Com a ajuda da tecnologia será possível reduzir a distância e oferecer interatividade para pacientes idosos da Clínica de Psicologia da Unit e as 60 senhoras, moradoras do bairro Augusto Franco e adjacências assistidas pelo PAIMI.

“As atividades serão operacionalizadas virtualmente e os idosos contarão com o suporte das estagiárias Jeiciane Lima e Viviane Luz para que possam baixar o aplicativo e conseguir interagir com a programação de cada encontro”, conta Jacqueline Xavier, assistente social da Clínica de Psicologia da Unit.

De acordo com a assistente social, os idosos recebem atendimento personalizado e foram orientados sobre as atividades do circuito de temas que serão trabalhados, a exemplo da importância contínua da atividade física, orientação de direitos sociais, a importância da alimentação saudável e fatores que contribuem para a imunidade e o equilíbrio para uma mente saudável.

“A interação virtual possibilita a promoção da saúde mental e social e o compartilhamento de conteúdos que favoreçam habilidades de como lidar com problemas psicossociais”, ressalta.

  “Esses encontros virtuais trarão resultados muito positivos para as senhoras integrantes do Paimi e da Clínica de Psicologia, ajudando a superar esse momento difícil de pandemia e isolamento. Por meio das redes sociais com a colaboração dos profissionais e estagiárias convidadas, a inclusão dos meios comunicativos virtuais de forma equilibrada possibilitará a melhora na qualidade de vida. Por meio da tecnologia estamos inovando, encontrando novos caminhos, novas rotas e novas alternativas. Não podemos desistir de ser feliz”, completa a prof. Zulnara Mota.

Assessoria de Imprensa | Unit

Publicidade: